fbpx

SISCOSERV para Financeiro e Administrativo

Vamos falar sobre o SISCOSERV para Financeiro e Administrativo. Essas áreas, muitas vezes, nas empresas, acabam levando o ônus dos registros de SISCOSERV. Por cultura corporativa, geralmente as empresas relacionam o SISCOSERV ao Financeiro, por interpretar que trata-se de obrigação imposta pela Receita Federal.

Já explicamos, entretanto, que a área de Procurement tem papel muito relevante na gestão dos contratos e documentos.

O mais correto, desta forma, é que essas áreas atuem de forma conjunta, criando a sinergia necessária para adequar os processos da empresa ao SISCOSERV.

Vamos entender como?

O papel do SISCOSERV para Financeiro e Administrativo

Fica a cargo do Financeiro e Administrativo lidar com as obrigações e recebíveis da empresa, analisando e processando as transações pela ótica financeira, ou seja, pagando a dívidas e realizando os recebíveis.

Raramente, o Financeiro e Administrativo tem um maior contato ou relacionamento com os parceiros (fornecedores, clientes, aliados, etc…) da empresa, tendo acesso aos contratos e às condições de negociação. Por conta disso, o Financeiro e Administrativo acaba sabendo muito pouco, a respeito destes parceiros, e não tem condições de prestar algumas informações que são essenciais ao SISCOSERV.

Portanto, tendo em vista que a negociação e gestão de alguns contratos fica à cargo do Procurement, cabe a estes a coleta dos dados relevantes dos parceiros para informação no SISCOSERV. Repetindo, são estes:

  • Dados completos do fornecedor/comprador domiciliado no Exterior,
  • NIF do fornecedor/comprador domiciliado no Exterior,
  • Tipo do produto vendido ou comprado, e condições contratuais (ex.: Frete);
  • Tipo do serviço ou intangível comercializado;
  • Condições comerciais do negócio (Prazo, moeda, local da prestação do serviço, etc…).

É importante, portanto, deixar claro que a obrigação relacionada ao registro no SISCOSERV não é o pagamento ou o faturamento, mas sim os contratos (operações, em si) de venda ou aquisição de serviços, intangíveis ou outras operações que produzam variação no patrimônio, entre empresa domiciliada no Brasil e outra domiciliada no Exterior.

Os registros no SISCOSERV se iniciam com os registros de Venda e Aquisição (RVS e RAS), cujos dados se limitam à informação das condições do negócio em si.

Onde se aplica o SISCOSERV para Financeiro e Administrativo?

A área de Financeiro e Administrativo passa a ter mais importância nos registros de Presença Comercial no Exterior (RPC) e nos registros de movimentação financeira (RF e RP, respectivamente, na Venda e na Aquisição).

O RPC deverá conter dados do faturamento da filial, controlada ou coligada de empresa brasileira no Exterior. Estes dados são, via de regra, fornecidos pelo Financeiro e Administrativo da empresa.

Já os registros de Faturamento (RF, na Venda) e Pagamento (RP, na Aquisição) contém as informações financeiras do negócio. Cabe, portanto, ao Financeiro e Administrativo informar o fluxo de pagáveis e recebíveis da empresa, para serem repassados ao SISCOSERV.

Você sabia?

Diversos serviços virtuais e licenças, muito comuns no cotidiano de sua empresa, também estão sujeitos a registro.

Dentre eles, por exemplo, podemos citar:

  • créditos de Skype;
  • análises e aplicativos do Google;
  • sistemas online de gestão de vendas;
  • plataformas web, com domínio no Exterior.

Cabe ao Financeiro gerir esses pagamentos, visando repassar as respectivas informações financeiras aos registros no SISCOSERV.

Seja nosso parceiro!

Somos uma empresa pioneira na especialização em SISCOSERV!

A WTM DO BRASIL criou o mais moderno e seguro sistema para registros no SISCOSERV. Trata-se de uma ferramenta própria, com gestão inteligente de registros e em plataforma web 100% segura!

Oferecemos suporte técnico, treinamentos e material com informação e interatividade.

Tudo para você entender mais e melhor!

A WTM DO BRASIL disponibiliza Planos de Assinatura, com conteúdo, suporte e ambiente para registros!

Menu